Suspensas propagandas enganosas de vitaminas MemoryPlus

Websites alegavam propriedades medicinais não aprovadas a suplementos vitamínicos
A veiculação de propagandas irregulares referentes ao suplemento Memory+, Memoryplus, levou a Anvisa a suspender todas as publicidades que atribuam alegações não aprovadas para o produto em questão.
Os sites que divulgavam o suplemento vitamínico e mineral continham alegações desde “multiplicação de sinapses” a “aumente sua memória, tenha mais foco e concentração, aumento seu nível de energia, concentração e motivação”. Estas e outras alegações não foram permitidas em tal produto e não foram aprovadas pela agência reguladora.
A medida tomada pela Anvisa se aplica a todo website ou portal eletrônico que atribua ao produto “Suplemento Vitamínico e Mineral, 60 cápsulas, Memory+, Memoryplus, 60 cápsulas”, alegações que prometam mudanças no desempenho do cérebro humano.
Leia na íntegra as medidas publicadas no Diário Oficial da União

Deixe o seu comentário