Tratamentos de última geração são destaques em evento de oncologia

Biológicos e biossimilares: vantagens desses medicamentos de última geração são discutidas em maior evento de oncologia do país

Formulados a partir de células vivas, esses medicamentos geralmente apresentam uma atuação mais direcionada, o que permite maior eficácia e menos efeitos colaterais, sendo especialmente benéficos no combate específico a determinados tipos de tumores. Por isso, o assunto foi foco de discussão no 3º Congresso Todos Juntos Contra o Câncer, que acaba de acontecer em São Paulo. O simpósio O que os pacientes precisam saber sobre medicamentos biológicos e biossimilares? discutiu aspectos importantes, tais como:

  • Quais as principais diferenças no desenvolvimento de um remédio convencional e de um biológico? Por que, no segundo caso, o tratamento tende a ser mais focado no problema, evitando efeitos colaterais?
  • No que um biológico inovador se distingue de um biossimilar?
  • A que aspectos médicos e pacientes devem ficar atentos, ao fazer a opção terapêutica e o que deve nortear a decisão?
  • Qual a visão do médico quanto aos medicamentos biossimilares?
  • Quais as principais diferenças no desenvolvimento de um remédio convencional e de um biológico? Por que, no segundo caso, o tratamento tende a ser mais focado no problema, evitando efeitos colaterais?
  • No que um biológico inovador se distingue de um biossimilar?
  • A que aspectos médicos e pacientes devem ficar atentos, ao fazer a opção terapêutica e o que deve nortear a decisão?
  • Qual a visão do médico quanto aos medicamentos biossimilares?

Fonte: Popular Mais

Deixe o seu comentário